Beatlemania :: parte 1, dia 5 e 6


(Se você está chegando agora e quer entender toda essa doideira, clique aqui)

Oiês!

Má notícia: ontem, que seria o quinto dia do desafio, eu não consegui ouvir nada.😦 Desânimo. Hoje também vai ser meio complicado – aliás, tenho aula de guitarra, uhu! -, mas tamos aí, né gente. Vamos ver o que é que sai.😀 Pelo menos tô prevendo um domingo beeeem beatlemaníaco!😉

Bão, chega de papo, né? Simbora? Temos uns álbuns polêmicos a caminho =P

Something New (julho/1964)

Esse é o terceiro álbum lançado pela Capitol nos Estados Unidos e tem oito músicas copiadas do A Hard Days Night. As que eu ainda não ouvi foram as que saíram no EP Long Tall Sally e entraram. Também a versão alemã de I Want To Hold Your Hand, que tá nesse post aqui! hahaha, eu nem sabia que tinha saído em LP!❤ Nesse LP, as versões mono e stereo tiveram umas diferencinhas de música.

Duas curiosidades: esse álbum só foi vendido nos EUA, mas a Parlophone também liberou para as Forças Armadas Americanas que estavam baseadas na Europa. E esse álbum também é famoso porque simplesmente sumiram com o terceiro verso da música I’ll Cry Instead.

“Slow Down”->É automaticamente dançante <3  E dá uma vontade quase patológica de estalar os dedos no ritmo.
Matchbox” ->Essa música é um cover dos Bítous de uma música do Carl Perkins. Não sei se essa versão que encontrei está boa, mas a voz dos meninos  [/íntima] tá TÃO grossa!o_O

Beatles for Sale (dezembro/1964)

Uhuu! AMO metade das músicas desse LP, tô emocionada e num vou falar mais nada. Hahah. =P Esse foi lançado pela Parlophone e é o quarto álbum da banda. Nessa época,  o John e o Paul [/íntima outra vez] estavam beeem mais confiantes como compositores e o George Martin liberou os caras pra colocar mais composições próprias no álbum. Lindo.❤ Esse álbum deu origem ao Beatles ’65, que foi vendido só nos EUA, com bem músicas a menos e uns repetecos de músicas que caíram fora na versão americana de A Hard Day’s Night.

Lado A

“No Reply” -> Minha irmã do meio, pra mim: “aaah, você vai ouvir a música do stalker? Xou botar aqui no celular”. Como é bom ter família viciada nas mesmas coisas, né?😀
I’m a Loser” -> Dizem que essa música teve influência direta do Bob Dylan, que o John conheceu durante uma turnê em agosto. Provavelmente a minha favorita desse lado do álbum.❤
Baby’s in Black” -> Aiwn. Menos animada, mas bonitinha…
Rock and Roll Music” -> A original é do Chuck Berry, mas eles se apropriaram da música sem medo. Perfeita pra dançar. E viva o John falando mambo.
I’ll Follow the Sun” -> Ingleses: sempre obsessivos com o sol, né? =) Toda bonitinha, violãozinho, calminha… e mega curta!😦
Mr. Moonlight” -> Descobri essa música no último show cover dos Beatles que eu fui e fiquei encantada com o grito do John, logo no comecinho. Melhor ainda no original. Dá até um choque com a música anterioro_O E é meio misteriosinha haha❤
Kansas City/Hey, Hey, Hey, Hey” -> É um combinadinho de duas músicas cantadas/gritadas pelo Paul, o que por si só já é sucesso. Mas o George tá  simplesmente impossível na guitarra.❤

Lado B

Eight Days a Week” -> Ai, ai. Levei tanto tempo pra descobrir e tão pouco pra amar hahaha =P Amo a parte do “Love you everyday, girl” – o John dá uma puxada no L tão gracinha. E o solinho do George é todo… esperançoso, sei lá.
Words of Love” -> Essa música do Buddy Holly ganhou um ar Beach Boys inacreditável na voz deles. Guitarrinha havaiana rolando sem medo.
Honey Don’t” -> Olha, podem falar o que vocês quiserem, tá? Eu gosto da voz do Ringo, mesmo. Juro. E achei que combinou horrores com essa música do Carl Perkins. Dá um ar de perigo.  =P
Every Little Thing” -> Nunca tinha ouvido, nem imaginava como seria. Achei bonitinha e tenho quase certeza de que o Ringo usa um tambor nessa música, mas… ok. (:
I Don’t Want to Spoil the Party” -> Rolou muita identificação aí pra eu fazer qualquer comentário. Next.
What You’re Doing” -> Gostei da intro com bateria, que não era muito comum nas músicas deles nessa fase. E não pude deixar de pensar que deve ser fácil tirar na guitarra. :~
Everybody’s Trying to Be My Baby” -> E é assim que a gente se apaixona por George Harrison, amiguinhos. Anotaram? E a qualidade do vídeo, minha gente? Fui dormir feliz.

SóvououvirI’maLosermaisumavezprometo.

Total de músicas dos últimos dias: 16. Humpf.

Bom, amanhã tamosaê!!

2 thoughts on “Beatlemania :: parte 1, dia 5 e 6

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s