Eu não estou surtando nem fazendo posts imensos

Então, é, eu sumi. Tá, pra uma pessoa que posta oitenta e cinco vezes por dia, eu sumi de fato, mas deiiiixem as proporções de lado, amiguinhos, e simbora contar o porquê do meu sumiço. Óbvio. Qualé a graça de não dar as caras no blog por longos e complexos dez (dez?) dias sem ter nada pra contar? Vâm contar sim senhor.

Comigo, todos juntos: um, dois, três. Ah, vai dizer, não foi emocionante? Todo mundo contando juntinho, juntinho, nesse frio que tá? Delííícia!

Ca-ham.

Não liguem se eu estiver surtada. Eu pareço surtada pra você? Pareço? PAREÇO? Não, né? Que bom, que bom, porque se eu estivesse parecendo surtada eu teria que… eu teria que… ai, sei lá, desparecer! Mas já que não pareço surtada, então tudo bem. Sem stress.

Tá, tá, eu explico meu surto aparente, explico. É o teatro, meu povo. O teatro comeu meu nome, meus documentos, metros e metros de gravatas, além de uma pochete medonha e todo o meu lápis de olho preto. Tô dedicando minha viiiiiiida (não que eu tenha tanta assim sobrando) à peça que meu grupo do INDAC tá montando. Curtíssima temporada: estréia dia 7 de julho e acaba dia… 7 de julho. Então corram crianças, venham me perguntar comofas pra ir que eu explico e convido bonitinhamente! (E não, não estou sendo simpática. VENHAM me perguntar comofas)

Mas coisa bonita mesmo é esse tal de pré-estréia.

No começo é maravilha: ainda faltam dez semanas pro dia D e você já sabe seu texto. Começa a pensar em figurino, mas céus, tá muito longe pra se preocupar com isso. Dez semanas! Vai cuidar dos trabalhos da facul que você ganha mais. Jogar The Sims, essas coisas. Pra que neura? DEZ SEMANAS! Vâm pro bar!

Nove semanas. Se fossem meses, seria início de gravidez, e todo mundo sabe que em início de gravidez ninguém sabe de nada. Mal se detecta que você vai apresentar uma peça em nove looongas semanas. Um ou dois dos seus amigos já foram informados da data, mas é porque você é neurótica e quer contar pra todo mundo que o seu grupo é tão pimpão que já tem até data de apresentação.

Oito semanas e meia de amor. Amor puro. Seus colegas de teatro estão tão zen quanto você. Por alguma razão, você empacou em uma das falas do seu texto, mas nada grave. Repassando o texto você pega a idéia geral.

Sete semanas? Bom, já tá mais perto. Mas ainda tem mais de um mês! Um mês, meu amor, bem mais de um mês. Quase dois. E por alguma razão, aquele bloqueio com a fala parece ter se arrastado para todas as outras. Não é que você esqueceu o texto, de modo algum! Só precisa aprimorar, verdade.

Na sexta semana, um colega seu desiste do curso. Ah, que triste. Mas tudo se ajeita! Colocaram você no lugar dele e o papel que você queria agora é seu. Alegria, alegria. Qual é o problema de decorar umas falas novas? Completamente diferentes das anteriores? Problema nenhum, qué isso.

Quinta semana é definitiva. Você já pegou o embalo do texto novo, é tudo o que você sempre sonhou. Mudaram algumas coisas, uns detalhes, e agora você tem dois papéis. Ai que legal. Vai dar tempo pra decorar tudo, é claro.

Quatro semanas, meu bem, é um mês. Em um mês uma criança nasce, uma flor morre, um monte de eventos. E eu sei que tô com metáforas de gravidez na cabeça, é que queria o DVD do Juno, mas isso não vem ao caso. Enfim!, quatro semanas dá tempo de sobra pra escolher a melhor calça preta e aprender a se maquiar bonitinho. Você tem muito tempo pra bater o texto. Tá tudo bem. Tudo sob controle. Outro dia você soltou uma das suas falas, mas ninguém percebeu, fazia todo o sentido falar sobre zumbis que comem miojo, no contexto.

Na terceira semana tá tudo bem ainda. Suas unhas estão inteiras, sua cabeça também. Por alguma razão você anda fazendo as caretas da sua personagem fora da aula, mas é bem discreto, quase não se nota. Sempre respeitaram a sua excentricidade natural. As falas da persona começam a fazer sentido na sua vida, e você aplica a maquiagem do teatro no cotidiano. Qual é o mal de andar com rugas e cicatrizes por aí? Super útil em filas de banco, por exemplo.

Duas semanas. Pô, claro que dá pra definir todo o figurino, música, trocas de cenário e versões finais das cenas em duas semanas! Duas semanas é, Senhor!, uma eternidade. Nem precisava ficar ensaiando embaixo do chuveiro ou falar seu monólogo durante o almoço. Seus amigos se afastaram, mas que bobos, só porque não querem falar sobre a sua peça 24 horas por dia. Eles não entendem que só faltam duas semanas?! DUAS SEMANAS?!!

Uma semana. Uma semana é uma vida, gente. Tanta abelha dura muito menos que isso. Suas unhas também, é claro. Alguns fios de cabelo também já não estão mais entre nós, nem mesmo formam nós. Também, você adquiriu aquele tique idiota de passar a mão no cabelo. E quais tiques você não adquiriu, não é mesmo? Só falta uma semana. Quer dizer, ainda falta, ainda falta…

Uma semana, gente! UMA!

Em breve, mais ataques do coração, digo, posts. É, posts.

(“Batatinhas fritas? Se fosse o presid…” tá, parei)

Anúncios

6 comentários a “Eu não estou surtando nem fazendo posts imensos

  1. Uma semana?? O que é uma semana né?! Pra mim cada uma parece mais eterna que a outra… 🙄

    E eu até ia ver sua peça se eu não morasse a dois estados de distância… :~

    E eu já ia te perguntar pq tinha sumido do blog…e falando em sumido, desistiu da sua listinha de coisas?? ._.

    =**

  2. HAHAHAHHAHAHHAHAHAHHAAHHA
    caí.
    Jesus XD
    mas o que é uma semana, não é mesmo minha gente?

    bjo =*
    (e boa sorte – toma água de melissa quenãoadiantaporranenhuma)

  3. é, eu tbm fico assim quando falta uma semana pros espetáculos de dança.
    Pro próximo falta dois meses. Oito semanas.
    DAqui a pouco as unhas se vão…
    ahuahuhauha
    adorei seu texto.
    Boa sorte na apresentação! Se eu morasse ae eu ia… quem sabe outra vez? 😀

    :****

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s