Semcessão

Fazer concessão é saudável, néam? Cada dia tem uma nova. Deixar a senhora sentar no banco do ônibus; usar a luva e não o anel. Ah, as escolhas, que grande e glorioso mundo o das escolhas. Não se pode ganhar todas. Quando ganha, já é perdedor de alguma coisa. A vida é assim mesmo.

Outro dia engatei um papo na facul com uma amiga minha, que preza pela qualidade de ser genial. A gente falou de concessões, de abandonar uma coisa que a gente ama pra fazer outra que é necessária, premente. Isso porque a gente tinha acabado de sair de uma conversa sobre, sei lá, amores platônicos e Odisseus internos. Superbacana. Isso que é vocação pro jornalismo, vai dizer. Multitemática é a cor da estação.

Hoje, no mercado, eu fiquei lembrando das tais concessões que a gente tinha discutido. Perder pra ganhar, abandonar pra ter. Crescimento existencial, pureza da alma, altas áureas violeta. Buda, I-ching, felicidade plena, monges tibetanos e aqueles panos esquisitos porém superestilosos que eles usam.

Mas não quis nem saber.

Aquele ovo de Diamante Negro me viu primeiro, raios.

Hunf.

7 thoughts on “Semcessão

  1. Te viu primeiro e quase pulou no seu colo!
    Que convoquem as testemunhas que viram esse pelo ovo sendo separado de sua futura mãe (ou comedora O.o).
    Beijo!

    Foi no EP?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s