O namorado pós-gay

Esses dias surgiu na rodinha de bar de blog o seguinte tema: imagina se o/a seu/sua namorado(a)  (ain, adoro parênteses!) resolve te trocar por um modelo diferente, mais aerodinâmico, talvez. Até aí, tudo ok. Não que esteja ok, mas essas coisas acontecem, vivemos numa época toda Closer em que as pessoas largam umas das outras sem grandes explicações, usam perucas coloridas em público, coisa e tal. O probleminha é que ele te trocou não por outra, mas por outro – uma pessoa do mesmo sexo que ele, pra resumir.

Ok, eu já consigo visualizar a primeira coisa que pulula nas mentes humanas numa situação dessas: “oh no! Ele virou gay por minha causa!”.  Sai dessa vida, drama queen! O carinha pode descobrir que gosta de meninos, seja lá quando for. Se foi depois de namorar você, paciência. Poxa vida, ele tem tanto direito quanto você de experimentar um relacionamento. E ninguém acorda gay – tudo bem que ninguém acorda barata também, mas Kafka pode tudo -, geralmente a pessoa já sabe que é, mas não admite ou algo assim. Palavra de um amigo gay.

Talvez, aliás, seja essa a vantagem de namorar um, digamos, pós-gay: ele tem tudo pra virar um grande amigo, se a ex em questão não ficar sentindo peninha de si mesma e souber aproveitar os laços que existiram. Ah, e se o cara não for um chato, também. Mas, teoricamente, poucos te conhecem melhor que ele. E todo mundo sabe que, pra garota muderrna, ser in é ter bolsa gigante, franja ajeitadinha e amigo gay a tiracolo.

Sem falar que as chances de ser trocada por uma cópia barata da Keira Knightley diminuem consideravelmente. E, não negue, isso sempre é uma boa notícia.

5 thoughts on “O namorado pós-gay

  1. gata, sou meio suspeito p falar no assunto… já fui o gay q trocou a namorada por outro e ja fui trocado por outra.. é tudo uma bosta mesmo… mas nada de culpas… vc faloubonito.. nada de traumas … q legal qd o cara tema Honestidade de terminar e n manter as relações paralelas…
    um super bjo!!!

  2. Cláu, não li até o final por motivos óbvios…
    Me senti totalmente atingida HAUAHUAHUAHUA

    Depois eu volto aqui e leio…Quando eu superar o trauma né

    Bjoo

  3. Namorei com um cara 5 anos. Quer dizer 2 namorando e quase 3 morando juntos.
    Em Janeiro desse ano 2016 ele veio a terminar comigo dizendo ser Gay.
    Sai de casa e ele vem falar isso.Pra mim é pura falta de vergonha, pois se a pessoa já sabe que é porque não reluta sozinho e fica envolvendo sentimentos de pessoas de bem. Ele foi meu primeiro em tudo. Infelizmente cai nesse golpe. Muito cara de pau!!!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s