Um novo estágio na sua vida

Estágios são para os fortes.

A devoração de cabeças já começa no currículo. Você, bixo até pouco tempo atrás, agora está tentando organizar em uma página de Word tudo o que fez na sua vida, profissionalmente falando. Here we go.

Não, mas é claro que alguma coisa você já fez. Você tá há dois anos na faculdade, cara! Alguma coisa lá dentro vai te ajudar. Ah, tinha os jornais-laboratório, né? Mas você não ia muito com a cara deles, havia algo de enxofre no reino do Cantos de SP, e suas tardes eram muito mais felizes quando você jogava The Sims compulsivamente, não é, amour? Bom, também tem o CIP, centro de pesquisas da faculdade e tudo mais. Ih, mas você não ia nas reuniões? E só porque achava as calças do professor engraçadas? Nada bom, naaada bom. Muitos espaços em branco no currículo exigem uma medida de emergência: desenhe. Floreie. Invente. Faça um currículo diferente. Desenhe flores nas bordas, imprima tudo em folha cor de rosa e depois passe perfume no papel. Funciona com a Reese, funciona com você, oras.

Se você conseguiu impressionar alguém com seu zuper currículo mesmo assim, é chamado para as entrevistas de emprego.

*Um relâmpago ilumina o céu*

Engraçadão falar “entrevista” (relâmpago), quando o termo correto seria “interrogatório intimidante e ameaçador que ocorre preferencialmente em salas fechadas a vácuo”. O que reforça a minha teoria, por sinal, que tem gente nesse mundo que não respira. Acho que é um critério de seleção: se você conseguir passar boa impressão (não chorar durante o processo é um bom exemplo), enumerando todos os cursos que fez na vida e defendendo a relevância de saber aramaico antigo no mundo atual, sem respirar e usando calças sociais, você é digna de passar para a próxima fase de seleção.

O quê? Você achava que é entrevista, sorriso de Julia Roberts, calças sociais e fim de papo, o estágio é seu? Desotimiza esse ego, rapá! Não é apenas uma fase de seleção não, amor! São milhares delas, milhões! Filas e filas de caminhões de fases!! Não, não é Donkey Kong, é só um estágio. Só um estágio que tem que constar no seu currículo até o quarto ano, ou nenhuma redação vai te amar, ninguém vai te querer, ninguém vai te chamar de “meu redator”. Complicadjénho, né. Mas se avexe não. Seu tormento mental é bem menos pior que a tamtamtamtaaaam dinâmica em grupo.

*Relâmpagos e trovões explodem na night.*

A tamtamtamtaaaaam dinâmica em grupo tenderia a ser mais leve do que a entrevista normal, olho no olho, você em momento solo ui com seu avaliador. Mas não se enganem, queridões, porque sempre tem alguém de olho (pegaram, pegaram? Hein? Hein?) na sua vaga e vai fazer de tudo pra conseguí-la. É como se a criatura não tivesse falado a vida inteira mas, naquele exato momento, resolvesse gastar seu estoque de palavras na mesa do gestor. E gesticula, e fala, e argumenta, e manda, desmanda, conversa, debate, convence, confirma e vence. O resto do grupo em silêncio.

Alguém pisca.

Grilos em algum lugar.

Então, você precisa se preparar quando aquela garota vier falando que é determinada, otimista, profissional, inteligente, sagaz, completa, dinâmica, experiente e outros zilhões de termos que você só encontra em dois lugares: no dicionário ou no livro do Donald Trump. Afinal, você não é pouca porcaria! Você é muita porcaria, você é porcaria pra caraaaamba!… Digo, você vale o pão que come!… mesmo que o seu Joaquim cobre R$0,30 pelo pão francês! É! Você quer a vaga, você consegue a vaga, simples assim! Vai lá! Yeah! Ninguém te segura agora! Você é bom!… Você não é tããão ruim! Você sabe algumas coisas, você sempre vai às aulas… menos às quartas-feiras. Mas você consegue, você é capaz, aquele livrinho disse que você é insubstituível!…Isso!…

No dia seguinte te mandam um simpático e-mail avisando que você não passou pra próxima fase.
Não se desgaste perdendo a cabeça, achando que não é capaz, se xingando em aramaico antigo.
Culpe as calças.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s